Adivinhas - Lote 4/6

10 Adivinhas



"Quem é aquela que nasce,
presa entre duas paredes,
e tal graça Deus lhe deu,
que posto que a não vedes,
está tocando no céu?
Tem à porta gente armada,
só para exemplo que importa,
a tal estar bem guardada,
que se ela sai pela porta,
eles não defendem nada."

Solução: Língua
"Que é, que é,
que os paisanos vêem a cada passo,
os reis poucas vezes,
o Papa nunca?"

Solução: O seu igual
"Sem asas da terra,
por esses ares voando,
e com o espírito levando
o corpo e por onde vai
tudo vai alumiando.
Depois que a luz consumiu
o seu espírito caiu
na terra e o corpo outra vez
muitas vezes busca os pés
donde primeiro saiu."

Solução: Foguete
"Estalagem pequena e asseada
tem dois hóspedes à entrada,
eles entram dois a dois,
um primeiro,
um primeiro e outro depois,
eles entram e não pagam
e não saem que não tragam."

Solução: Caixa de rapé e dedos
"Estavam os reis em suas casas,
foi a justiça para os prender;
as casas fugiram pelas janelas
deixaram-se eles render."

Solução: Peixes e redes
"É como um fole,
numas partes duro,
noutras mole,
é terrestre e marinho,
duro no lombo,
macio no focinho."

Solução: Cágado
"Em cima de ti me ponho,
em cima de ti me deito,
sem dar ao cu
nada está feito."

Solução: Atar um molho
"Criei-me na terra e nada
à terra devo em criar-me.
Minha mãe para gerar-me
foi presa e depois maçada,
quase sempre desagrada
a função onde eu não vou.
Aos mortos defesa dou
e em perdendo o ser que tenho
a ter a figura venho
daquela que me gerou."

Solução: Sal
"Sou uma velha muito velha,
com o ranço na garganta,
de sete filhas que tive,
só uma me saiu santa."

Solução: Quaresma
"Em uma torre de metal
sem janela ou porta aberta.
Estava uma dama esperta
por nosso bem e seu mal,
quase toda descoberta.
Com tormentos pouca dura,
alegre formosa e bela,
dá gosto e dá pena vê-la;
que morrer com formosura,
quer mais que viver sem ela."

Solução: Castiçal e vela

Facebook

A Minha Mulher, Matilde Urrutia

A minha mulher é provinciana como eu. Nasceu numa cidade do Sul, em Chillán, famosa pela sorte de possuir uma bela cerâmica camponesa e pela infelicidade de sofrer frequentemente terríveis terramotos...

Dar é Viver

Dá-te. Dar é viver. Ninguém, por muito pouco que receba, viverá em alegria se não der nada a ninguém. Dá-se um sorriso, uma mão, um beijo, um abraço, um conselho, uma ideia, uma palavra, uma ho...
© Copyright 2003-2016 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE