Adivinhas - Lote 4/7

10 Adivinhas



"Lê que logo acharás,
com toda a perfeição,
nas primeiras cinco letras
está a decifração."

"Alçar e premer,
dar à pentelheira,
pra ganhar pra comer."

"Por correntes ando preso,
e fogo em mim consumo,
pela boca deito fogo,
pelos olhos deito fumo."

"Eu sou de muito segredo
e não de pouca valia,
coisas de grande importância
a gente de mim confia.
Tenho uma engenhosa amiga,
com quem há muito me dou;
ela sem mim nada pode,
eu sem ela nada sou.
Às vezes falsa e teimosa,
muita gente me faz ser,
traficantes engenhosos
me sabem contrafazer."

"Comprida como uma soga
e tem dentes como uma loba."

"Verde que verde nasceu,
deita sangue sem ter dor,
faz três mudanças no ano
sem nenhuma ser de amor."

"Qual é a coisa,
qual é ela,
que mal entra em casa,
se põe logo à janela?"

"Com mil figuras e modos
executo os meus furores;
Tiro a vida aos inimigos,
defendo a grandes senhores.
Por amigo do trabalho
lavrador me quis fazer,
exercícios me remoçam
ócio faz-me envelhecer."

"Pucarinhos, pucaretes!
Oh que lindos ramalhetes!
Nem cozidos nem assados,
nem comidos com colher!
Não és capaz de adivinhar
nem prò ano que vier!"

"Em que se parece
Judas com o Mondego?"

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE