Adivinhas - Lote 5/8

10 Adivinhas



"Trabalho quanto posso
ensino todo o sábio,
e não sei o padre-nosso."

"Sou velha, ninguém o nega,
foi-se a minha mocidade,
mas ainda desta idade
Deus de filhos me carrega.
O Inverno me faz cega,
olhos me abre o Verão,
tenho um filho por brasão,
que é muito forte e valente,
faz perder a muita gente,
honra, brio e distinção."

"Que é, que é.
uma viúva presumida,
toda de luto vestida,
e de flores coroada
e do velho perseguida?
Quando o velho a persegue,
ela faz a retirada."

"Ninguém me busque nos vales,
abertos campos habito;
sobre um pé que se não move
a andar muito me exercito.
Quando estou mais enroupado
melhor sirvo: ando ligeiro;
se meus amos comer querem
de vestir me dão primeiro.
Muito aflige o meu descanso;
só eu dele não me enfado,
pois se flatos não tivera
sempre estaria parado."

"Sem pai nem mãe fui criado,
vivo por não ser achado;
se o vivente dá comigo,
ai de mim que estou perdido!"

"Qual é a palavra
que é nome de homem,
de uma flor
e de uma pedra preciosa?"

"Nenhum braço há poderoso
neste mundo material,
que no muito a que me atrevo
chegue a ser ao meu igual.
Posso erguer os fundos vales,
deprimir os altos montes,
retalhar soberbos rios,
divergir as grossas fontes.
Se me apraz, eu me remonto,
voo até ao firmamento,
conto as estrelas e meço
dos orbes o movimento."

"Carvalheira tem cem canos,
cada cano tem cem ninhos,
cada ninho tem cem ovos,
quantos são os passarinhos?"

"Do mar me vem o meu nome,
de terra o meu apelido,
se me caso fico fêmea,
se não caso macho fico."

"Uma casa tem quatro cantos,
a cada canto está um gato,
cada gato vê três gatos,
quantos gatos tem a casa?"

Facebook

Inspirações

O Tamanho do Homem

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE