Anedota

Guardado Está o Caixão para Quem o Há-de Usar

Chove a cântaros, o autocarro vai cheio, e o passageiro, na paragem, insiste para lhe arranjarem um lugar, porque precisa ir imediatamente para casa.
— Só se for no tejadilho — diz o cobrador.
O homem sobe. Continua a chover. No tejadilho vai um caixão e o homem resolve meter-se dentro dele. Na outra paragem há um homem que também não pode ir no autocarro porque não há lugar.
— Só se também quer ir no tejadilho — grita-lhe o cobrador.
— O homem aceita e sobe. Lá mais adiante, o que ia no caixão deita um braço de fora e resmunga — Ainda chove?
O outro, vendo o «morto» levantar a tampa do caixão e falar, apanhou tamanho susto que se atirou para o chão e morreu.
Moral da história: «Guardado está o caixão para quem o há-de usar»...




Outros Anedota de +:

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE