Anedota

Aquelas Palavras São Dele

Estando um pregador a pregar o sermão duma festa numa aldeia serrana, entra um ébrio pela porta adentro e joelha-se em frente do púlpito com muito respeito, e faz as suas orações. A certa altura estava o pregador a pregar, o ébrio levanta a mão direita, com o dedo indicador para o lado do púlpito e disse: «Aquelas palavras são do profeta Isaías do antigo testamento». Calou-se e ficou sossegado. Depois passado algum tempo disse: «Agora aquelas são de S. Mateus».
O pregador já farto de o ouvir disse:
— Ah, seu ébrio, vá-se daqui para fora, está a tirar a atenção aos meus amados ouvintes. Torna o ébrio: «Agora aquelas palavras são dele».




Outros Anedota de +:

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE