Anedota

Sem Coragem para Tanto

No metro, à hora de ponta, um indivíduo, para não se desequilibrar, pousa a mão ligeiramente no ombro de uma rapariga, que lhe diz:
— Oiça lá! Não poderia pôr a mão noutro sítio?
— Eu gostaria... Mas não me atrevo.




Outros Anedota de +:

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE