Opinião de Leitura
O Crime do Padre Amaro O Crime do Padre Amaro

Autor: Queirós, Eça

Leitor: Miguel Chaiça

Opinião

Simultaneamente uma obra prima, um documento humano e social do país e de uma época, a expressão literária de uma realidade que a história confirma. Este foi o romance que Eça mais estimou e corrigiu. É a primeira realização astística do realismo português. A própria temática o comprova, já que o clero é o elemento mais estudado por esta escola. É o facto de ser nomeado administrador do concelho de Leiria que o obriga a deslocar-se para aí durante seis meses, o que lhe permite conhecer e estudar aquele que seria o cenário de O Crime do Padre Amaro. Eça apresenta-nos o mundo beato de uma pequena cidade, os bastidores das antecâmaras ministeriais, por onde corriam nomeações de eclesiásticos. Evoca a vida provinciana, com os seus mexericos e centros de coscuvilhice, a casa de pasto, onde se encontram os revolucionários falhados, o ambiente da intriga política, com o seu infalível oportunismo. Uma grande obra de um genial escritor.

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE