António Vaz Pinto

O consumo é o ópio do povo. Isso é que é verdadeiramente alienante. Não é o consumismo normal, do pão ou da manteiga, mas a ideia de que é preciso ter e consumir cada vez mais para ser feliz.

Sol / 20090110




Facebook

Aborrecido de Estudar

Enfastiavam-me as aulas, salvo as de literatura — que aprendia de cor — e tinha nelas um protagonismo único. Aborrecido de estudar, deixava tudo à mercê da boa sorte. Tinha um instinto próprio para p...

Com Quantos Tenho que Casar?

Querida íbis: Desculpa o papel impróprio em que te escrevo; é o único que encontrei na pasta, e aqui no Café Arcada não têm papel. Mas não te importas, não? Acabo de receber a tua carta com o pos...
Inspirações

Lidar com os Outros

© Copyright 2003-2016 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE