Alexandre Real

Precisamos de membros dos conselhos de administração que coloquem os interesses da empresa acima de qualquer outro tipo de interesse e que sejam prudentes nas suas decisões não decidindo numa lógica de curto prazo, mas sim de longo prazo, diria mesmo numa lógica de legado. Para quem não segue os critérios enunciados é simples, ou muda de paradigma ou a realidade ditará mais cedo ou mais tarde a sua sentença.

Jornal de Negócios / 20150119




Facebook

Inspirações

Viver Sem Amor

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE