Laurinda Alves

37 Citações

>>

Não é preciso ser filósofo para filosofar; basta interrogarmo-nos e nunca desistirmos de fazer perguntas.

Jornal i / 20091017
O pior assaltante não é o que leva a carteira mas o que rouba a confiança.

Jornal i / 20091003
Todos sabemos que a história da humanidade não é a mesma quando contada pelas mulheres e pelos homens. Os mesmos séculos, as mesmas guerras, os mesmos tempos vividos juntos e, no entanto, com histórias tão diferentes que parecem dois mundos separados. E na verdade foram. E em muitas latitudes ainda continuam a ser.

Público / 20080711
Existem mil e uma formas de coragem, desde a mais espectacular à mais discreta. Há a coragem do momento e a coragem de uma vida inteira, a coragem de ousar e a coragem de renunciar, a coragem de falar e a de calar e por aí adiante. Seja como for ou tenha a forma que tiver, a coragem é sempre a força de alma que se revela (e nos revela) na adversidade.

Público / 20080104
Todos os testemunhos de coragem impressionam justamente por mostrarem que não se trata de uma ausência de medo mas de uma capacidade de agir perante as dificuldades. Quem é mais corajoso? O que escala sozinho o Everest, o que se atira de um avião em queda livre ou aquele que fala verdade? A coragem autêntica pressupõe sempre a superação de medos e uma vontade lúcida de vencer obstáculos. Aliás quem descarta os medos não é corajoso, é inconsciente. Há muita coragem em quem aposta em ser consequente e viver uma vida coerente, assim como é corajoso o que fisicamente se transcende ou aquele que, no dia-a-dia, segue em frente apesar das tentações de desânimo.

Público / 20080104
As crises são necessárias e os confrontos também, porque só assim é possível ponderar e fazer escolhas.

Xis (Público) / 20070210
Um dos mistérios do crescimento é justamente este de sermos obrigados a superar crises e termos de largar coisas a um nível para passarmos ao nível seguinte. Sem crises e sem perdas não há ganhos. É preciso perder para encontrar e, de certa forma, morrer para renascer.

Xis (Público) / 20070210
O passado é sagrado porque é dele que tiramos sentido para o presente e para o futuro e é ele que nos permite ser fiéis a nós próprios no que é essencial.

Xis (Público) / 20070203
O que comanda a vida é o coração e não a razão. A vida passa muito mais por tecer relações e criar afectos do que por ler livros e discutir problemas. Não aceitar esta realidade é persistir em equívocos que nos podem deixar vulneráveis.

Xis (Público) / 20070113
As convicções são, como sabemos, muito distintas dos sentimentos. As convicções permanecem no tempo, mesmo quando os sentimentos nos abandonam ou mudam. As circunstãncias, essas, estão sempre a mudar e, de certa forma, condicionam os sentimentos. Mas não as convicções.

Xis (Público) / 20061125
>>
 

Facebook

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE