Alexandre Brandão da Veiga

18 Citações

>>

Quem afirma que tem uma visão científica da vida nada percebe da ciência. A ciência não serve para instaurar vidas, nem para as preencher. Uma vida escorada apenas na ciência é uma vida por instaurar e recusando o preenchimento.

Jornal de Negócios / 20070131
A grandeza da ciência resulta exactamente das suas limitações, do que ela suspende, do que ela exige de abdicação no exercício do juízo. A sua potência resulta exactamente da concentração de esforços. Mas quem já se concentrou alguma vez nesta vida sabe que isso tem um custo, e nomeadamente o de se obnubilar o que está a nossa volta.

Jornal de Negócios / 20070131
Quem não pensa com a cabeça não percebe profundamente a religião. Mas quem só sabe pensar com a cabeça e não é capaz de pensar com todo o corpo é igualmente ignorante dela.

Jornal de Negócios / 20070131
A desculpa não é o contrário da culpa. O contrário da culpa é a inocência. A desculpa é o contrário da exigência. Tanto mais crescem as desculpas, tanto mais descem as exigências que nos fazemos a nós e aos outros. A prova é que são precisamente os que contestam que a culpa existe que fazem crescer as desculpas. Não é da sua inocência que curam, mas do denegrir a exigência.

Jornal de Negócios / 20061109
Quando nos confrontamos com o passado, há dois riscos que são igualmente graves. Ou douramos tudo, ou pintamos tudo de negro. Se fazemos a primeira das coisas, tendemos a pintar de negro a época em que vivemos. Se fazemos a segunda, sentimo-nos a viver uma época dourada. No primeiro caso, a má disposição leva-nos à melancolia, no segundo à autocondescendência e arrogância.

Jornal de Negócios / 20061109
Perante o mundo não lançamos o nosso olhar, mas apenas a nossa boca. Não nos melhoramos, mas apenas consumimos. O grito de Nietzsche já foi interpretado de mil formas. Deus morreu! Verificação de facto, mera glosa evangélica, anúncio de um programa, ou alerta, provavelmente cada uma destas versões tem a sua parte de verdade. Mas tenhamos a coragem de o afirmar. O problema da nossa época é as pessoas terem apagado Deus para ficarem em frente de si. O resultado é que ficam em geral à frente de bem pouca coisa.

Jornal de Negócios / 20061109
O que é a exigência? É reconhecer que o que se é não chega, o que os outros são não chega e que sobretudo o simples facto de se ser como se é não é brasão. O paradigma da exigência é o da nobre glória. Não basta ser rei da Macedónia, não basta ser general de Roma, não basta ser escrevinhador de folhetins, não basta ser um artífice médio. Não me basto, não me bastam os outros só pelo simples facto de as coisas estarem como estão. A exigência é sempre um exercício de liberdade e imaginação. Comparo o que existe com o que poderia existir. E de esforço. Tento atingir o que deveria existir. Se ignoro, se sou inepto, se não dou felicidade aos outros, algo corre mal em mim. Se os outros erram, se são diminutos, algo está mal neles. O espaço da desculpa é um mundo sem liberdade, sem imaginação e sem esforço. O exigente não vive sem transcendência. O desculpante faz tudo para a minar. A sua ambição é ser desculpado. A desculpa é assim a arma preferida a usar contra a transcendência.

Jornal de Negócios / 20061109
Em todos os conflitos ambas as partes têm alguma razão e são tão piores quanto ambas as partes acumulam razões.

Jornal de Negócios / 20060621
O problema da adulação é que acaba por ser insultuosa.

Jornal de Negócios / 20060524
Não é saudável criar ambientes em que o paradigma é o atletismo quando se trata de pensamento. Quando isto acontece surge uma confrangedora figura, de má fé e muito uso, o salto lógico. No pensamento, saltar mais alto, mais longe ou mais depressa não é em geral de bom augúrio. E quando o pensamento se traveste de atleta aparece uma outra figura que mais não é que a sua perversão. É a propaganda. Sempre que alguém dá um salto lógico está a promover alguma coisa, nem que seja a sua pessoa ou as suas insuficiências.

Jornal de Negócios / 20060524
>>
 

Facebook

Inspirações

A Casa Onde Moramos

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE