Miguel Coutinho

14 Citações

>>

Não há impossíveis em política. O cinismo e o pragmatismo – actuando isoladamente ou em coligação –, que marcam, desde sempre, a actividade dos políticos, comportam uma lição: não há, no exercício da política, ódios que sejam para sempre nem amores que durem uma eternidade.

Diário Económico / 20041012
A profissão de político tem muito em comum com a de humorista: corre bem até ao momento em que deixa de ter a capacidade de surpreender a audiência

Diário Económico / 20040308
São raros os políticos que levam as suas convicções mais a sério do que a eles mesmo

Diário Económico / 20040308
O sonho comanda a vida, mas em política é, no mínimo, prudente que a obra feita anteceda qualquer ambição

Diário Económico / 20040126
Os mais velhos nem sempre têm a lucidez de passar o testemunho e os mais novos têm uma incapacidade crónica de ouvir os mais velhos, apesar de serem, quase sempre, exímios a imitá-los

Diário Económico / 20031210
Nenhum país avança rompendo com a sua memória

Diário Económico / 20031210
Restam cada vez menos dúvidas de que o maior obstáculo ao desenvolvimento da sociedade e da economia portuguesas é o excesso de conversa, muito além do tolerável mesmo em democracia

Diário Económico / 20031204
A ausência de um Estado forte e de uma cultura de cidadania têm contribuído para instalar discretamente a convicção de que a sociedade civil tem hoje direitos mas não tem deveres

Diário Económico / 20031127
O problema português é o de aceitarmos, impassíveis e acríticos, a (má) imagem que transmitem de nós

A propósito dos artigos e reportagens que saem nos meios de comunicação de outros países, relativamente a Portugal
Diário Económico / 20031021
Não se mudam, provavelmente em menos de uma geração, os hábitos de trabalho, a falta de pontualidade, as baixas qualificações da população activa e a dependência crónica do Estado dos nossos empresários. Não se altera, provavelmente em menos de uma geração, uma cultura generalizada de evasão fiscal, nem se destrói uma teia de pequenos poderes na administração pública que bloqueiam e criam vícios intransponíveis no curso da vida económica. (...) não basta, em matéria de produtividade, saber o que o Governo pode fazer pelo país, mas, sobretudo, o que o país pode fazer por si próprio

Diário Económico / 20030917
>>
 

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE