Actualidades: Memória

13 Citações

>>

Rebelo Pinto , Margarida

A memória é selectiva e vai alterando a realidade conforme o tempo, o que nos leva a esquecer algumas lições adquiridas no passado e a repetir, ainda que não queiramos, os mesmos erros.

Sol / 20090110

Câncio , Fernanda

É isso a memória: esquecer aquilo que não nos permite continuar. Viver.

Notícias Magazine (DN) / 20071125

Poiares Maduro , Miguel

Uma boa memória não é uma grande memória (que se lembra de muita coisa) mas sim uma memória crítica. Mais relevante que a informação que nos transmite a memória é a curiosidade que ela pode promover. (...) O conhecimento não se esgota na memória. Ao contrário, a memória deve ser um incentivo ao conhecimento.

Diário de Notícias / 20051019

Poiares Maduro , Miguel

Hoje (...) as pessoas parecem menos preocupadas com a sua memória do que com a memória com que os outros ficam delas. Os diários e as autobiografias têm, frequentemente, pouco de memória e muito de tentativa de implantação de uma certa memória nos outros.

Diário de Notícias / 20051019

Poiares Maduro , Miguel

Falamos tanto da nossa memória colectiva, mas parece que não aprendemos nada com ela. O problema da memória colectiva é que se já é difícil aprender com a nossa memória (quantas vezes repetimos os mesmos erros), ainda é mais difícil aprender com a memória dos outros (de pouco serve conhecermos os seus erros). Daí que sejamos herdeiros de uma história mas não tenhamos memória.

Diário de Notícias / 20051019

Prado Coelho , Eduardo

A memória é sempre um factor de identidade.

Público / 20050225

Bénard da Costa , João

Se invocamos a memória, é para nos sentirmos mais acompanhados, quando sabemos que ela não é compartilhada por mais ninguém. Não há nada de mais solitário do que a memória.

Público / 20050225

Bénard da Costa , João

Não há nada pior que ter razão e não poder provar, senão com o mais subjectivo dos argumentos: a memória solitária.

Público / 20050225

Rolo Duarte , Pedro

A memória cria-nos catálogos de medos que gerimos de forma tão desordenada quanto, ao mesmo tempo, certeira. O que hoje nos supreende devolve-nos bocados do passado afinal ainda em carne viva. Cada confronto com um qualquer horror é semelhante à sensação de ser abruptamente empurrado para trás.

DNa (DN) / 20050218

Reis-Sá , Jorge

A memória é a maior ficção que existe. É a partir da memória que podemos criar.

Diário de Notícias / 20040919
>>
 

Facebook

© Copyright 2003-2018 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE