Actualidades: Discussão

7 Citações



Murcho , Desidério

Quando argumentamos a favor de algo, a nossa audiência não é quem já concorda connosco, mas quem discorda. E por isso temos de usar argumentos com premissas que essas pessoas aceitem. Ora, dado que elas rejeitam a nossa conclusão, encaram essas premissas como mais plausivelmente verdadeiras do que a conclusão. O trabalho argumentativo consiste então em mostrar que aquilo que essas pessoas já aceitam implica o que elas querem rejeitar. Isto significa que qualquer discussão racional pressupõe um pano de fundo de opiniões partilhadas, sem o qual nenhuma argumentação cogente pode ter lugar. Discutir ideias é uma abertura aos outros e uma procura de um terreno comum, no qual possamos estudar o que nos divide.

Público / 20080219
A confusão é favorável às emboscadas da malícia.

Jornal de Negócios / 20070504

Brandão da Veiga , Alexandre

Em todos os conflitos ambas as partes têm alguma razão e são tão piores quanto ambas as partes acumulam razões.

Jornal de Negócios / 20060621

Pereira Leite , José

Por vezes, entre duas partes antagónicas, é necessário deixar que o clima atinja a temperatura mais elevada para que se consiga restabelecer o diálogo.

Jornal de Notícias / 20051127

Mendes , Tiago

Nada é mais natural num debate que discordar. O problema não está aí. Está antes em não se aprofundar essa discordância. Em não se fazer um esforço para que ela possa ser «mutuamente compreendida». Hoje o interesse numa discussão reside mais em saber quem a vence do que em esclarecer o porquê das divergências.

Diário Económico / 20051102

Poiares Maduro , Miguel

Muitas vezes, a única forma de concordarmos não é sequer concordarmos em discordarmos. É, sim, concordarmos em certas palavras atribuindo-lhes significados diferentes as mesmas palavras, duas linguagens. Isto não evita o conflito, mas pacifica-o e racionaliza-o. Deixa de ser um conflito entre valores diferentes a dirimir através de uma relação de forças para passar a ser um conflito de interpretação a resolver através de mecanismos de decisão racionais aceites por todos.

Diário de Notícias / 20050727

Stilwell , Isabel

Ao contrário do que pensamos à posterior não são só as palavras, e às vezes nem sequer são as palavras, que provocam e perpetuam uma discussão. A expressão do outro, a posição do corpo, a distância a que se estava e o tom em que o que foi dito foi dito, contam tanto ou mais. E sobretudo conta o passado.

Notícias Magazine (DN) / 20040905
 

Facebook

Inspirações

Deixar Ser

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE