François René de Chateaubriand

França
4 Set 1768 // 4 Jul 1848
Escritor

60 Citações

>>

Só nos apercebemos do valor dos nossos amigos no momento em que surge a ameaça de os perder.
É preciso administrar o desprezo com extrema parcimónia, pois o número de necessitados é muito grande.
Sem a mulher, o homem seria rude, grosseiro, solitário, e ignoraria a graça, que não é senão o sorriso do amor. A mulher suspende em torno dela as flores da vida, como as lianas das florestas, que adornam os troncos dos carvalhos com as suas grinaldas afortunadas.
Depois da liberdade desaparecer, resta um país, mas já não há pátria.
A ameaça do mais forte faz-me sempre passar para o lado do mais fraco.
A verdadeira felicidade custa pouco; sendo cara, é porque a sua qualidade não presta.
Para fazer esquecer as nossas faltas aos olhos do mundo são precisas torrentes de sangue; mas, junto de Deus, basta uma lágrima.
A vida obriga-nos incessantemente a chorar, quer por antecipação, quer por recordação.
Dá-se importância aos antepassados quando já não temos nenhum.
A justiça é o pão do povo; está sempre dela faminto.
Os acontecimentos fazem mais traidores do que as opiniões.
Os cães, como os homens, são muitas vezes punidos pela sua fidelidade.
O homem não precisa de viajar para engrandecer; ele traz em si a imensidade.
Todos os meus dias são um adeus.
Os espíritos de primeira ordem, que produzem as revoluções, desaparecem; os espíritos de segunda ordem, que tiram proveito delas, permanecem.
Não somos nada, sem felicidade.
O perigo desaparece quando ousamos enfrentá-lo.
O escritor original não é aquele que não imita ninguém , mas sim aquele que ninguém pode imitar.

O Génio do Cristianismo
Os poetas são como os pássaros: a menor coisa os faz cantar.
Toda a instituição passa por três estágios - utilidade, privilégio, e abuso.

A Interpretação da História
>>
 

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE