Dom Luis

Portugal
31 Out 1838 // 19 Out 1889
Rei de Portugal (1861-1889)

4 Citações



Amo o meu povo como uma família e só não faço por ele tudo o que me pede porque o não sei ou porque o seu espírito ainda não se encontra preparado para todas as reformas de utilidade pública.

Carta à rainha Vitória (1863)
Mal chegado já te escrevo para te dizer quanto penso em ti. Quando se está longe é que se vê como se ama. Como é triste não te ver e não ouvir a tua boa vozinha a dizer-me querido marotinho. Maria eu amo-te tanto e tu és tão boa. Quando eu te não tenho junto de mim não encontro prazer em nada. Eu olhava neste momento o teu retrato que me dava tanto gosto antes de te conhecer e que agora só me diz que estou longe de ti. Adeus querido amor. Pensa em mim como eu penso em ti.

Carta a D. Maria Pia (1863)
Sinto-me sempre feliz quando tenho uma oportunidade para te escrever, e faço-o sempre que posso. Estou novamente em Lisboa por alguns dias, para ver os arranjos na nossa casa. Espero que ela te agrade. Tens quartos muito bonitos com uma vista soberba sobre o Tejo e sobre o mar. (...) Será aí que passaremos os dias da nossa felicidade em que viveremos um para o outro, em que seremos apenas um.

Carta a D. Maria Pia (1862)
Quem ama tem sempre tanto a dizer, dizemos muito, mas fica sempre ainda mais por dizer. (...) Seremos felizes, as nossas duas almas compreender-se-ão, eu amo-te muito e sei que o amor por mim começa a despontar na tua alma pura e sincera. Vivemos um para o outro nesta vida encantadora onde nos julgamos um só de tal maneira os nossos pensamentos, os nossos desejos são os mesmos.

Carta a D. Maria Pia (1862)
 

Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE