Clarice Lispector

Brasil
10 Dez 1920 // 9 Dez 1977
Escritora

264 Citações

>>

Há momentos na vida em que sentimos tanto a falta de alguém que o que mais queremos é tirar essa pessoa de nossos sonhos e abraçá-la.
E ninguém é eu, e ninguém é você. Esta é a solidão.
Amar os outros é a única salvação individual que conheço: ninguém estará perdido se der amor e às vezes receber amor em troca.

Jornal do Brasil (1968)
Quando o amor é grande demais torna-se inútil: já não é mais aplicável, e nem a pessoa amada tem a capacidade de receber tanto. Fico perplexa como uma criança ao notar que mesmo no amor tem-se que ter bom senso e senso de medida. Ah, a vida dos sentimentos é extremamente burguesa.

Jornal do Brasil (1968)
Quando se realiza o viver, pergunta-se: mas era só isto? E a resposta é: não é só isto, é exactamente isto.

A Paixão Segundo G.H.
O que é a vida real? Os factos? Não, a vida real só é atingida pelo que há de sonho na vida real.

Um Sopro de Vida
Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.

Jornal do Brasil (1968)
À medida que os filhos crescem, a mãe deve diminuir de tamanho. Mas a tendência da gente é continuar a ser enorme.

Jornal do Brasil (1968)
Os factos são sonoros. O que importa são os silêncios por trás deles.
Que ninguém se engane: só se consegue a simplicidade através de muito trabalho.
O que é verdadeiramente imoral é ter desistido de si mesmo.
Orgulho não é pecado, pelo menos tão grave: orgulho é coisa infantil em que se cai como se cai em gulodice. Só que orgulho tem a enorme desvantagem de ser um erro grave, e, com todo o atraso que o erro dá à vida, faz perder muito tempo.

Jornal do Brasil (1969)
Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é possível fazer sentido. Eu não: quero é uma verdade inventada.

Água Viva
O óbvio é a verdade mais difícil de se enxergar.

Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres
Eu me perfumo para intensificar o que sou. Por isso não posso usar perfumes que me contrariem. Perfurmar-se é uma sabedoria instintiva. E como toda arte, exige algum conhecimento de si própria.

Jornal do Brasil (1968)
Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada... Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro...
Fique de vez em quando só, senão será submergido. Até o amor excessivo pode submergir uma pessoa.
É só quando esquecemos todos os nossos conhecimentos é que começamos a saber.

Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres
É quase impossível evitar o excesso de amor que um bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor. E só o amor faz o bobo.
Perder-se significa ir achando e nem saber o que fazer do que se for achando.
>>
 

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE