Fernando Pessoa

Portugal
13 Jun 1888 // 30 Nov 1935
Poeta

788 Citações

>>

Estou preso ao meu pensamento
Como o vento preso ao ar.
Amo como o amor ama.
Não sei razão pra amar-te mais que amar-te.

(personagem)
Meu coração
Demasiado orgulhoso para se perguntar: seria amado?
Tanto nada quis de nada,
Que hoje nada o quer de mim.
Quero ser livre, insincero,
Sem crença, dever ou posto.
A vida é breve, a alma é vasta:
Ter é tardar.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem achei.
Qualquer caminho leva a toda a parte.
Qualquer ponto é o centro do infinito.
Eras muitos, eras todos,
E nunca eras ninguém.
Quem vê é só o que vê.
Quem sente não é quem é.
>>
 
Pesquisa