Franz Kafka

Austria
3 Jul 1883 // 3 Jun 1924
Escritor

181 Citações

>>

Não se deve prejudicar ninguém, nem mesmo o mundo, para alcançares uma vitória.

Os Aforismos de Zurau (53)
Todas as revoluções se evaporam e deixam atrás de si apenas o limo de uma nova burocracia.
Apenas se deveriam ler os livros que nos picam e que nos mordem. Se o livro que lemos não nos desperta como um murro no crânio, para quê lê-lo?
O tempo é teu capital; tens de o saber utilizar. Perder tempo é estragar a vida.
O que é a riqueza? Para um, uma velha camisa já é riqueza. Outro é pobre com dez milhões. A riqueza é algo completamente relativo e insatisfatório. No fundo, não passa de uma situação peculiar.

Conversas com Kafka
Um livro deve ser o machado que quebra o mar gelado em nós.
A partir de um certo ponto, não há retorno. Este é o ponto que é preciso alcançar.

Os Aforismos de Zurau (5)
A única coisa que temos de respeitar, porque ela nos une, é a língua.
Toda a educação assenta nestes dois princípios: primeiro repelir o assalto fogoso das crianças ignorantes à verdade e depois iniciar as crianças humilhadas na mentira, de modo insensível e progressivo.

Contos
Só podia encontrar a felicidade se conseguisse subverter o mundo para o fazer entrar no verdadeiro, no puro, no imutável.

Diário
Quem possui a faculdade de ver a beleza, não envelhece.
Entre muitas outras coisas, tu eras para mim uma janela através da qual podia ver as ruas. Sozinho não o podia fazer.

Carta a Pollak
Não desesperes, nem sequer pelo facto de não desesperares. Quando já tudo parece ter acabado, novas forças surgem em marcha, e isso significa precisamente que estás vivo. E se não vierem, então acabou tudo por aqui e de uma vez para sempre.

Diário (21 Jul 1913)
Todos os erros humanos são fruto da impaciência. Interrupção prematura de um processo ordenado, obstáculo artificial levantado em redor de uma realidade artificial.

Os Aforismos de Zurau (2)
A maior parte dos cães ladra sem razão, mesmo se alguém estiver a passar ao longe; mas alguns, talvez não os melhores cães de guarda, mas criaturas racionais, vão calmamente ter com uma pessoa desconhecida, cheiram-na e só ladram se o cheiro é suspeito.

Diário (21 Out 1917)
Estou cansado, tenho de tentar descansar e dormir, senão estou perdido em todos os aspectos. Que esforço manter-se uma pessoa viva. Erguer um monumento não exige que se gaste tanta força.

Diário (09 Mar 1914)
A literatura é sempre uma expedição à verdade.

Mal

Desde que alberguemos uma única vez o mal, este não volta a dar-se ao trabalho de pedir que lhe concedamos a nossa confiança.

Os Aforismos de Zurau (28)
Sempre o mesmo sentimento, desejo, ansiedade. No entanto mais calmo do que habitualmente, como se se estivesse a processar uma grande evolução, cujo tremor distante eu estou a sentir. Falei demasiado.

Diário (06 Jul 1919)
Existem dois pecados capitais, dos quais todos os outros derivam: impaciência e indolência. Por causa da impaciência os homens foram expulsos do paraíso, por causa da indolência eles não voltam. Mas talvez só exista um pecado capital: a impaciência. Por causa da impaciência eles foram expulsos, por causa dela eles não voltam.

Os Aforismos de Zurau (3)
>>
 

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE