José Martiniano de Alencar

Brasil
1 Mai 1829 // 12 Dez 1877
Escritor

10 Citações



Os ingratos são como as varejas; pois assim como estas empeçonham o corpo que as sustenta, eles vendem os protectores que os agasalham.
A mulher é uma flor que se estuda, como a flor do campo, pelas suas cores, pelas suas folhas e sobretudo pelo seu perfume.
A honra não consiste em vanglórias que insufla a vaidade; e sim no íntimo contentamento de si mesmo, que é a seiva robusta de que se nutre a sua existência.
A dúvida agita-se no seio da fé mais profunda, o receio no âmago da esperança mais risonha. As flores do coração, como as da natureza, têm um verme que as babuja.
O amor sem esperança não tem outro refúgio senão a morte.
O elogio é um meio muito usado, mas sempre novo, de render a vaidade.
Há quem pense que nada se move neste mundo sem licença da mulher. Do mais não sei; mas de guerra posso afirmar que nunca as houve, nem é possível haver, quando o não queira a soberana saia.
A ocasião faz o homem.
Amar é comprazer-se na perfeição.
É na idade da ambição que se prova a têmpera dos homens.
 

Facebook

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE