Julien Green

Estados Unidos
6 Set 1900 // 13 Ago 1998
Escritor

12 Citações

>>

Um livro é uma janela pela qual nos evadimos.
A sinceridade é um dom como qualquer outro. Não é sincero quem quer.
O pensamento voa e as palavras vão a pé: eis o drama do escritor.
O aborrecimento é uma das faces da morte.
A alma humana é como um abismo que atrai Deus, e Deus precipita-se nele.
O único verdadeiro progresso é o interior. O progresso material é um nada.
Momentos houvera em que fora feliz, mas não dera conta.
São necessários anos de leitura atenta e inteligente para se apreciar a prosa e a poesia que fizeram a glória das nossas civilizações. A cultura não se improvisa.
Matarmo-nos é um desafio a Deus.
As perguntas a que se responde com um sim ou um não raramente são interessantes.
>>
 

Facebook

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE