Mia Couto

Moçambique
n. 5 Jul 1955
Escritor/Biólogo

357 Citações

<< >>

Não será que deveríamos cuidar melhor da vida das massas? Porque a verdade é que o caracol nunca deita fora a sua concha. O povo é a concha que nos abriga. Mas pode, repentemente, tornar-se no fogo que nos vai queimar.

O Último Voo do Flamingo
Vocês, homens, vêm para casa. Nós somos a casa.

O Último Voo do Flamingo
Uns sabem e não acreditam. Esses não chegam nunca a ver. Outros não sabem e acreditam. Esses não vêem mais que um cego.

O Último Voo do Flamingo
Não vê os rios que nunca enchem o mar? A vida de cada um também é assim: está sempre toda por viver.

O Último Voo do Flamingo
A morte é uma brevíssima varanda. Dali se espreita o tempo como a águia se debruça no penhasco – em volta todo o espaço se pode converter em esplêndida voação.

O Último Voo do Flamingo
Eu me abria e confessava antigas lembranças ao estrangeiro. Vantagem de um estranho é que confiamos essa mentira de termos uma só alma.

O Último Voo do Flamingo
Os europeus, quando caminham, parecem pedir licença ao mundo. Pisam o chão com delicadeza mas, estranhamente, produzem muito barulho.

O Último Voo do Flamingo
O que não pode florir no momento certo acaba explodindo depois.

O Último Voo do Flamingo
Quanto mais um lugar é pequenito, maior o tamanho da obediência.

O Último Voo do Flamingo
Contra factos tudo são argumentos.

O Último Voo do Flamingo
<< >>
 

Facebook

Inspirações

Deixar Ser

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE