Amor, silêncios e tempestades

por: José Luís Nunes Martins
Portugal
n. 14 Mar 1971
Filósofo

66 Citações

<< >>

A linha que separa o bem do mal não é uma linha que separa uns homens de outros, mas um fio que atravessa o coração de cada um de nós. Em todos nós há coisas boas e coisas más.
Não somos seres perfeitos a quem o erro degrada, mas antes seres imperfeitos a quem o erro pode ensinar.
Quando o amor é verdadeiro perdura, ainda que sem qualquer estímulo para continuar... O amor não exige nada, mas espera tudo!
O sucesso exige uma dedicação que implica sacrifícios. Alguns, de coisas bem comuns.
A vida não tem um valor oculto que apenas alguns podem descobrir. O seu sentido resulta da construção da existência que nos é própria através de cada uma das nossas decisões.
A dignidade de cada ser humano mede-se pela sua capacidade de reconhecer que uma pessoa é em si mesma um fim, nunca um meio.
No amor, o mais sábio e ousado não é o que bem defende e ataca mas o que se rende e entrega.
Ninguém se ama a si mesmo. É preciso que nos abandonemos para que nos possamos encontrar.
Amar não supõe reciprocidade. (…) Amar é abdicar de si, fazer-se uma abundante fonte de bem.
As alegrias são apenas metade da felicidade.
<< >>
 

Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE