Intimidade

por: Osho
Índia
11 Dez 1931 // 19 Jan 1990
Líder Espiritual

38 Citações

>>

Ser autêntico significa ser fiel a si próprio. É um fenómeno muitíssimo perigoso; são raras as pessoas que o fazem. Mas sempre que as pessoas o fazem, elas conseguem. Elas conseguem uma beleza tal, uma graça tal, um contentamento tal que não pode ser imaginado.
O amor traz a liberdade. A lealdade traz a escravidão. Na aparência são iguais; no seu âmago, são exactamente o oposto.
Se não tiver a capacidade de dizer não, o seu sim não significa nada.
Vivemos com tantas pretensões, com tantas hipocrisias – e é por essa razão que a intimidade gera receio. Você não é o que aparenta ser. A sua aparência é falsa. Poderá parecer um santo, mas, bem no seu fundo, continua a ser um fraco ser humano com desejos e anseios.
Não seja egoísta, encha-se de si próprio – e estas são duas coisas diferentes. Não seja como Narciso, não fique obcecado por si próprio – mas um amor natural por si próprio é uma necessidade.
A menos que esteja centrado, a menos que saiba quem é, não pode relacionar-se verdadeiramente. Todo o relacionamento que continua sem o autoconhecimento é apenas uma ilusão.
As pessoas não podem ser possuídas. Se tentar possuí-las, matá-las-à, elas tornar-se-ão coisas.
Se o relacionamento sobreviver à verdade, será muito belo. Se morrer, isso também será bom porque um relacionamento falso acabou.
Assim que se aceitar tal como é, o medo da intimidade desaparecerá. Não perderá o respeito, não perderá a sua grandeza, não perderá o seu ego. Não perderá a sua piedade, não perderá a sua santidade – você mesmo deixou cair tudo isso.
Não seja um reformador, não tente dar lições aos outros e não os tente mudar. Se você mudar, é quanto basta como mensagem. Ser autêntico significa permanecer verdadeiro.
>>
 
Nas Livrarias

Intimidade

Osho

Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE