Lucius Annaeus Seneca

Roma Antiga
-4 // 65
Filósofo, Escritor

71 Citações

>>

Deixarás de temer quando deixares de ter esperança.
O amor não pode coexistir com o temor.
Se quiseres ser amado, ama.
Sou muito grande, e muito superior é o destino para o qual nasci, para que eu possa permanecer escravo do meu corpo.
Até mesmo de um corpúsculo disforme pode sair um espírito realmente forte e virtuoso.
As coisas que nos assustam são em maior número do que as que efectivamente fazem mal, e afligimo-nos mais pelas aparências do que pelos factos reais.
Uma mulher bonita não é aquela de quem se elogiam as pernas ou os braços, mas aquela cuja inteira aparência é de tal beleza que não deixa possibilidades para admirar as partes isoladas.

Mal

Do mal não pode nascer o bem, assim como um figo não nasce de uma oliveira: o fruto corresponde à semente.

Mal

Os males de que foges estão em ti.
A embriaguez excita e traz à luz todos os vícios, tirando aquele senso de pudor que constitui um travão aos instintos ruins.
É melhor saber coisas inúteis do que não saber nada.
A supressão dos desejos é também um remédio útil contra o medo.
Um timoneiro que se preze continua a navegar mesmo com a vela despedaçada.
Vive com os homens como se Deus te estivesse a ver; fala com Deus como se os homens te estivessem a ouvir.
Muitas vezes uma pequena oferta produz grandes efeitos.
Vale a pena experimentar também a ingratidão para encontrar um homem grato.
O início da salvação é o conhecimento da culpa.
A agitação contínua numa vida tumultuosa não é actividade saudável, mas inquietação.
Quem vive na tranquilidade, que seja mais activo; quem vive na actividade deve encontrar tempo para descansar. Segue a natureza: ela te lembrará que fez o dia e a noite.
O trabalho espanta os vícios que derivam do ócio.
>>
 

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE