Miguel Torga

Portugal
12 Ago 1907 // 17 Jan 1995
Escritor/Poeta

5 Citações



Onde começará a minha liberdade de pessoa e acabará o meu dever de artista?
A uniformidade social é a monotonia de um batatal. E a história perdoa tudo, menos a monotonia.
O homem ou é um indivíduo, ou não é nada. Tudo, menos perder a confiança que é preciso ter no semelhante, base de todo o convívio e de toda a colaboração.
Sobretudo, não desesperar. Não cair no ódio, nem na renúncia. Ser homem no meio de carneiros, ter lógica no meio de sofismas, amar o povo no meio da retórica.
Quem no mundo menos sabe dos mistérios da criação, é o próprio artista.
 

Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE