Marquês de Maricá

Brasil
18 Mai 1773 // 16 Set 1848
Escritor/Filósofo/Político

552 Citações

>>

Os abusos, como os dentes, nunca se arrancam sem dores.
Os aduladores são como as plantas parasitas que abraçam o tronco e ramos de uma árvore para melhor a aproveitar e consumir.
Adular os tolos é um meio ordinário de os desfrutar; os velhacos empregam-no eficazmente.
Amamo-nos sobre tudo, e aos outros homens por amor de nós.
Quando o amor nos visita, a amizade despede-se.
O nosso amor-próprio é muitas vezes contrário aos nossos interesses.
Ninguém nos aconselha tão mal como o nosso amor-próprio, nem tão bem como a nossa consciência.
O avarento é o mais leal e fiel depositário dos bens dos seus herdeiros.
O avarento, por um mau cálculo, sofre de presente os males que receia no futuro.
A beleza é uma letra que se vence à vista, a sabedoria tem o seu vencimento a prazos.
>>
 

Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE