A Évora do Renascimento em que Francisco de Holanda viveu é “uma idade de ouro perdida”

Exposição no Museu Frei Manuel do Cenáculo reúne livros, manuscritos, e pinturas que fazem parte do universo deste artista do século XVI. Através dela ficamos a saber que obras leu, quem foram os seus mestres e por que razão podemos dizer que chegou a Évora na altura certa....

read more...

Share |

Published By: Público - Cultura - Tuesday, 11 February