António Forte Salvado

Portugal
n. 20 Fev 1936
Poeta/Ensaísta

Amizade

Uma criança muito suja atira pedras a um cão. O cão
             não foge. Esquiva-se e vem até junto da criança
             para lhe lamber o rosto.

Há, depois, um abraço apertado, de compreensão e
             de amizade. E lado a lado, com a mãozinha muito
             suja no pescoço felpudo, lá vão, pela rua estreita,
             em direcção ao sol.

António Salvado, in "Cicatriz"
// Consultar versos e eventuais rimas




Outros Poemas de António Forte Salvado:

Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE