Alberto da Costa e Silva

Brasil
n. 12 Mai 1931
Poeta/Ensaísta/Diplomata/Historiador

5 Poemas



Soneto a Vera (1)

Estavas sempre aqui, nesta paisagem./ E nela permaneces, neste assombro/ do tempo que só é o que já fomos,/ um céu parado sobre o mar do instante./ / Vives subitamente em despedida,/ calma de sonhos,...

Respiro e Vejo (2)

Respiro e vejo. A noite e cada sol/ vão rompendo de mim a todo o instante,/ tarde e manhã que são tecido tempo,/ chuva e colheita. O céu, repouso e vento./ / Vergel de aves. Vou entre viveiros,/ a ca...

Uma Ausência de Mim (3)

Uma ausência de mim por mim se afirma./ E, partindo de mim, na sombra sobre/ o chão que não foi meu, na relva simples/ o outro ser que sonhei se deita e cisma./ / Sonhei-o ou me sonhei? Sonhou-me o o...

Soneto a Vermeer (4)

De luto, a minha avó costura à máquina,/ e gira um cata-vento em plena sala./ Vejo seu rosto, sombra que a janela/ corrompe contra um pátio amarelado/ / de sol e de mosaicos. Sobre a mesa,/ a tesoura...

A Despedida da Morte (5)

Falo de mim porque bem sei que a vida/ lava o meu rosto com o suor dos outros,/ que também sou, pois sou tudo o que posto/ / ao meu redor se cala, e é pedra, ou, água,/ cicia apenas — O teu tempo é a...


Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE