António Feliciano de Castilho

Portugal
28 Jan 1800 // 18 Jun 1875
Escritor

3 Poemas



Os Treze Anos (1)

(Cantilena)/ / Já tenho treze anos,/ que os fiz por Janeiro:/ Madrinha, casai-me/ com Pedro Gaiteiro./ / Já sou mulherzinha,/ já trago sombreiro,/ já bailo ao domingo/ com as mais no terreiro./ / Já ...

Cântico da Noite (2)

Sumiu-se o sol esplêndido/ Nas vagas rumorosas!/ Em trevas o crepúsculo/ Foi desfolhando as rosas!/ Pela ampla terra alargar-se/ Calada solidão!/ Parece o mundo um túmulo/ Sob estrelado manto!/ Alaba...

Quão Grande, Meus Amigos (3)

Quão grande, meus amigos, não era o Povo em que um Poeta podia dizer isto, sem medo de que o mundo, nem a posteridade, o desmentisse!/ / E nós também, nós, os Portugueses, já houve um tempo, em que p...


Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE