António José Forte

Portugal
6 Fev 1931 // 15 Dez 1988
Poeta

3 Poemas



Ainda Não (1)

Ainda não/ não há dinheiro para partir de vez/ não há espaço de mais para ficar/ ainda não se pode abrir uma veia/ e morrer antes de alguém chegar/ / ainda não há uma flor na boca/ para os poetas que...

Retrato do Artista em Cão Jovem (2)

Com o focinho entre dois olhos muito grandes/ por trás de lágrimas maiores/ este é de todos o teu melhor retrato/ o de cão jovem a que só falta falar/ o de cão através da cidade/ com uma dor adolesce...

Um Homem (3)

De repente/ como uma flor violenta/ um homem com uma bomba à altura do peito/ e que chora convulsivamente/ um homem belo minúsculo/ como uma estrela cadente/ e que sangra/ como uma estátua jacente/ e...


Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE