C. Ronald Schmidt

Brasil
n. 1935
Poeta

6 Poemas



Há no Pensador uma Tragédia Limitada (1)

há no pensador uma tragédia limitada/ o diabo atira pelas frestas para acertar/ na verdade na mãe opressora no pai incalculável/ se alguma qualidade pode ser preferida/ se os sentidos do filho excluí...

O Dote que se Oferece no Horror (2)

o dote que se oferece no horror/ dessa cidade é mais uma manobra difícil/ das marés viradas em nossos pulsos/ tal o esforço da visão da névoa/ / sonhos e vibrações técnicas estão aí/ para tudo que se...

Onde Estará aquele Velho Álbum? (3)

Onde estará aquele velho álbum? A cena/ das fiandeiras sob as trombetas que o fechavam./ Os ancestrais esperam... Seria um mero encontro/ não houvesse a consciências das coisas deixadas para trás./ P...

O que se Prende no Tempo (4)

O que se prende no tempo/ é do tempo a árvore crua um ídolo sem desejos/ e os órfãos feitos de um osso apenas/ / Entre duas crianças amestradas entre duas/ moléculas frondosas/ de quem tirei os segre...

Envelhecem os Anos (5)

Envelhecem os anos, mas nunca os meses/ com seu crédito de imagens para quem morre/ ou vive. É o título de quem se ergue pelos dentes/ mais que o riso nesse colar de sonhos ao fim das tardes./ Aqui a...

Tenho um Corpo a Sentir o que é de Todos (6)

Tenho um corpo a sentir o que é de todos,/ um espelho aonde não aparece tudo; nem a mão que/ vai ao sonho tornando menor o ultraje da criança/ dividida com fantasmas de adultos. Ali, só permanece/ a ...


Facebook

© Copyright 2003-2018 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE