Eduardo Guerra Carneiro

Portugal
4 Out 1942 // 2 Jan 2004
Escritor/Jornalista

2 Poemas



Fragmentos de uma Elegia (1)

(6)/ / Sei que me ouves na tempestade/ e nas gotas que ficam nas folhas,/ a brilhar. Sei nas ondas ouvir/ teus mergulhos de sereia/ e nos gritos dos golfinhos/ entender teus recados. Percebo/ no trin...

Na Ampla Praça há apenas Plátanos (2)

Na ampla praça há apenas plátanos./ Nem crianças a correm de tão fria,/ nem estátuas a comovem bronzeadas./ Das margens secas, com ilhas e outras casas,/ janelas, se as há, são quase setas./ O frio p...


Facebook

Inspirações

Viver Plenamente

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE