Emily Dickinson

Estados Unidos
10 Dez 1830 // 15 Mai 1886
Poetisa

7 Poemas



Os Instantes Superiores da Alma (1)

Os instantes Superiores da Alma/ Acontecem-lhe - na solidão -/ Quando o amigo - e a ocasião Terrena/ Se retiram para muito longe -/ / Ou quando - Ela Própria - subiu/ A um plano tão alto/ Para Reconh...

Diz Toda a Verdade (2)

Diz toda a Verdade mas di-la tendenciosamente -/ O êxito está no Circuito/ É demasiado brilhante para o nosso enfermo Prazer/ A esplêndida surpresa da Verdade/ / Como o Relâmpago se torna mais fácil ...

Morri pela Beleza (3)

Morri pela Beleza - mas mal me tinha/ Acomodado à Campa/ Quando Alguém que morreu pela Verdade,/ Da Casa do lado -/ / Perguntou baixinho Por que morreste? / Pela Beleza , respondi -/ E eu - pela V...

A Dor Tem um Elemento de Vazio (4)

A Dor - tem um Elemento de Vazio -/ Não se consegue lembrar / De quando começou - ou se houve / Um tempo em que não existiu -/ / Não tem Futuro - para lá de si própria -/ O seu Infinito contém/ O seu...

Demasiada Loucura é o Mais Divino Juízo (5)

Demasiada Loucura é o mais divino Juízo -/ Para um Olhar criterioso -/ Demasiado Juízo - a mais severa Loucura -/ É a Maioria que/ Nisto, como em Tudo, prevalece -/ Consente - e és são -/ Objecta - é...

A Ausência Desincorpora (6)

A Ausência desincorpora - e assim faz a Morte/ Escondendo os indivíduos da Terra/ A Superstição ajuda, tal como o amor -/ A Ternura diminui à medida que a experimentamos -/ / Emily Dickinson, in ...

O Êxito Parece a Mais Doce das Coisas (7)

O êxito parece a mais doce das coisas/ A quem nunca venceu na vida./ Ter a compreensão de um néctar/ Exige a mais dolorosa necessidade./ / De entre o purpúreo Exército/ Que hoje empunhou a Bandeira/ ...


Facebook

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE