Francisco de Pina e Melo

Portugal
7 Ago 1695 // 22 Out 1773
Poeta/Escritor

2 Poemas



Solilóquio (1)

Já que o sol pouco a pouco se desmaia/ E meu mal cada vez mais se desvela,/ Enquanto a pena, a ânsia, a mágoa vela,/ Quero aqui estar sozinho nesta praia./ / Que bravo o mar se vê! Como se ensaia/ Na...

Fuga Proveitosa (2)

Não hás também agora de vencer-me,/ Que eu hei-de resistir-te, Amor tirano./ Que é isto? Sempre entende o teu engano/ Que há com novas astúcias de render-me?/ / Imaginas que para esmorecer-me/ Basta ...


Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE