Harold Pinter

Inglaterra
10 Out 1930 // 24 Dez 2008
Dramaturgo/Poeta [Nobel 2005]

4 Poemas



Tu à Noite (1)

Tu à noite havias de escutar/ A trovoada e o ar ambulante./ Tu nessa margem hás-de virar/ Para onde estão as intempéries dominantes./ / Toda essa honrada esperança/ Ruirá na ardósia,/ E destroçará o ...

O Teu Olhar nos Meus Olhos (2)

Sempre onde tu estás/ Naquilo que faço/ Viras-te agarras os braços/ / Toco-te onde te viras/ O teu olhar nos meus olhos/ / Viro-me para tocar nos teus braços/ Agarras o meu tocar em ti/ / Toco-te par...

O Mundo Está Prestes a Rebentar (3)

Não olhes./ O mundo está prestes a rebentar./ / Não olhes./ O mundo está prestes a despejar a sua luz/ E a lançar-nos no abismo das suas trevas,/ Aquele lugar negro, gordo e sem ar/ Onde nós iremos m...

À Minha Mulher (4)

Eu estava morto e vivo agora/ Tu pegaste-me na mão/ / Eu morri cegamente/ Tu pegaste-me na mão/ / Tu viste-me morrer/ E encontraste-me a vida/ / Tu foste a minha vida/ Quando eu morri/ / Tu és a minh...


Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE