João Miguel Fernandes Jorge

Portugal
n. 1943
Poeta

13 Poemas

<<

Reduzir a Dependência das Coisas (11)

Tudo consiste em reduzir a dependência das coisas./ Partes amanhã. Não mais nos veremos. Um pouco o/ desertor a cada passagem da nossa alma ou/ quem espera para morrer./ / A aquisição de todos estes ...

No Dia que para Sempre Separámos do Corpo (12)

No dia que para sempre separámos do corpo,/ havia nesse dia sobre o livro de gravuras/ um insecto com os breves sinais de uma aranha./ / Esperávamos um recado que se fez esperar e/ tinha as mãos no r...

Acto ou qualquer outra Coisa (13)

Acto ou qualquer outra coisa. Eu sei, aquela mulher/ tão tranquila/ vendo da janela do quarto o porto/ vendo dos barcos o fumo rente aos mastros/ eu sei/ / essa mulher bem podia ter o nome quando/ po...
<<

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE