José Santiago Naud

Brasil
n. 24 Jul 1930
Poeta/Ensaísta

5 Poemas



Romance (1)

Fruto de solidão/ preso à fronde do vento,/ lua, tu nos dás/ a medida do eterno,/ essa altura que jogas/ contra o espaço celeste/ em nós refere a terra,/ que em nossa ânsia integras./ E ao nosso amor...

A Dama de Elche (2)

Seus olhos/ pararam no limiar. Mas a morte/ participa também do mistério da vida,/ e essas amêndoas que mantém/ explícitas ao nada, anunciam/ outra árvore em nós./ / Toda a feição já se concentra/ no...

Origens (3)

Quando ainda não éramos,/ víamos em toda a direção,/ não obstante o Céu/ por sobre nós conviesse/ a cabeça terrena./ Mas, ai, o terrível instante/ em que já não mais/ o olho que vira se mantinha./ Tu...

Verão (4)

Eu te chamo tumulto/ e virei sobre ti/ ao fogo dos frutos/ na hora em que a polpa da tarde/ fende/ e pelo campo escorrem farelos de ouro/ à luz azul da bruma./ / Para ti alço/ com a rigidez de um bic...

Amor (5)

Dentro da noite,/ o som escuro de um monjolo/ — pilão como nós chamávamos —/ e a azenha mais distante, denunciavam/ a clareza do riacho./ / A fantástica visão do passado,/ memória contando histórias!...


Facebook

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE