Paul Verlaine

França
30 Mar 1844 // 8 Jan 1896
Poeta

10 Poemas



A Angústia (1)

Nada em ti me comove, Natureza, nem/ Faustos das madrugadas, nem campos fecundos,/ Nem pastorais do Sul, com o seu eco tão rubro,/ A solene dolência dos poentes, além./ / Eu rio-me da Arte, do Homem,...

A uma Mulher (2)

Pra vós são estes versos, pla consoladora/ Graça dos olhos onde chora e ri um sonho/ Doce, pla vossa alma pura e sempre boa,/ Versos do fundo desta aflição opressora./ / Porque, ai! o pesadelo hedion...

O Meu Sonho Habitual (3)

Tenho às vezes um sonho estranho e penetrante/ Com uma desconhecida, que amo e que me ama/ E que, de cada vez, nunca é bem a mesma/ Nem é bem qualquer outra, e me ama e compreende./ / Porque me enten...

Il Bacio (4)

O Beijo! malva-rosa em jardim de carícias!/ Vivo acompanhamento no piano dos dentes/ Dos refrãos que Amor canta nas almas ardentes/ Com a sua voz de arcanjo em lânguidas delícias!/ / Divino e gracios...

O Amor no Chão (5)

O vento da outra noite derrubou o Amor/ Que, no mais misterioso recanto do parque,/ Nos sorria, ao esticar malignamente o arco,/ E cujo ar nos fez meditar com fervor!/ / O vento da outra noite derrub...

Sabedoria I, III (6)

Que dizes, viajante, de estações, países?/ Colheste ao menos tédio, já que está maduro,/ Tu, que vejo a fumar charutos infelizes,/ Projectando uma sombra absurda contra o muro?/ / Também o olhar está...

Lassidão (7)

Ah, por favor, doçura, doçura, doçura!/ Acalma esses arroubos febris, minha bela./ Mesmo em grandes folguedos, a amante só deve/ Mostrar o abandono calmo da irmã pura./ / Sê lânguida, adormece-me com...

Conversa Sentimental (8)

No velho parque deserto e gelado/ Duas formas passaram há bocado./ / Com os olhos mortos e os lábios moles,/ Mal se ouvem, a custo, as suas vozes./ / No velho parque deserto e gelado/ Dois espectros ...

Voto (9)

Ah! primeiras amantes! oaristos!, dourados/ Cabelos, o azul dos olhos, carne em flor/ De corpos juvenis, e entre o seu odor/ As carícias a medo e com espontaneidade!/ / Ficaram já distantes essas ale...

Nevermore (10)

Ah, lembrança, lembrança, que me queres? O Outono/ Fazia voar os tordos plo ar desmaiado/ / E o sol dardejava um monótono raio/ No bosque amarelado onde a nortada ecoa./ / A sonhar caminhávamos os do...


Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE