Pedro António Correia Garção

Portugal
13 Jun 1724 // 10 Nov 1772
Poeta

3 Poemas



Cantata de Dido (1)

Já no roxo oriente branqueando,/ As prenhes velas da troiana frota/ Entre as vagas azuis do mar dourado/ Sobre as asas dos ventos se escondiam./ A misérrima Dido,/ Pelos paços reais vaga ululando,/ C...

Oh Mil Vezes Feliz (2)

Oh mil vezes feliz o que encerrado/ Entre baixas paredes/ O tormentoso Inverno alegre passa;/ Que de um pequeno campo,/ Que ele mesmo cultiva, se alimenta/ Apascentando as vacas,/ Que ...

O Louro Chá no Bule Fumegando (3)

O louro chá no bule fumegando/ De Mandarins e Brâmanes cercado; / Brilhante açúcar em torrões cortado;/ O leite na caneca branquejando./ / Vermelhas brasas, alvo pão tostado;/ Ruiva...


Facebook

Inspirações

Ser Melhor

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE