Políbio Gomes dos Santos

Portugal
8 Ago 1911 // 3 Ago 1939
Poeta

2 Poemas



Testamento Aberto (1)

Só para ver curar minhas pernas partidas/ Nas dores eternas/ Dos saltos gorados,/ Eu amo a aparente inconsciência dos loucos,/ Embora fique aos poucos nos meus saltos/ Desabridos e falhados./ / Apraz...

Poema da Voz que Escuta (2)

Chamam-me lá em baixo./ São as coisas que não puderam decorar-me:/ As que ficaram a mirar-me longamente/ E não acreditaram;/ As que sem coração, no relâmpago do grito,/ Não puderam colher-me./ Chamam...


Facebook

Inspirações

Vencer o Medo

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE