Tomás António Gonzaga

Brasil
11 Ago 1744 // 1810
Poeta/Jurista

2 Poemas



Obrei quanto o Discurso me Guiava (1)

Obrei quanto o discurso me guiava,/ Ouvi aos sábios quando errar temia;/ Aos bons no gabinete o peito abria,/ Na rua a todos como iguais tratava./ / Julgando os crimes nunca os votos dava,/ Mais duro...

Marília de Dirceu (2)

(excerto)/ / Eu, Marília, não sou algum vaqueiro,/ que viva de guardar alheio gado,/ de tosco trato, de expressões grosseiro,/ dos frios gelos e dos sóis queimado./ Tenho próprio casal e nele assisto...


Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE