Fernando Namora

Portugal
15 Abr 1919 // 31 Jan 1989
Escritor/Poeta/Médico

Aves

ter-te suspensa
do meu lume
na fogosa boca
o ardume
a explodir
tu
ardida e intacta
sonho e nuvem
voz exacta
um soltar
de aves
em pânico
na relva do olhar

Fernando Namora, in 'Nome Para Uma Casa'
// Consultar versos e eventuais rimas




Facebook

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE