Armando Côrtes-Rodrigues

Portugal
28 Fev 1891 // 14 Out 1971
Escritor/Poeta/Dramaturgo/Cronista

Canção do Mar Aberto

Onde puseram teus olhos
A mágoa do teu olhar?
Na curva larga dos montes
Ou na planura do mar?

De dia vivi este anseio;
De noite vem o luar,
Deixa uma estrada de prata
Aberta para eu passar.

Caminho por sobre as ondas
Não paro de caminhar.
O longe é sempre mais longe…
Ai de mim se me cansar!...

Morre o meu sonho comigo,
Sem te poder encontrar

Armando Côrtes-Rodrigues, in 'Planície Inquieta'




Outros Poemas de Armando Côrtes-Rodrigues:

Facebook

Inspirações

Um Estranho Ímpar

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE