Mais Populares
Afinal, a melhor maneira de viajar é sentir. / Sentir tudo de todas as maneiras. / Sentir tudo excessivamente, / Porque todas as coisas são, em verdade, excessivas / E toda a realidade é um excesso, ...
Não sou nada./ Nunca serei nada./ Não posso querer ser nada./ À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo./ / Janelas do meu quarto,/ Do meu quarto de um dos milhões do mundo que ninguém sabe...
O que há em mim é sobretudo cansaço — / Não disto nem daquilo, / Nem sequer de tudo ou de nada: / Cansaço assim mesmo, ele mesmo, / Cansaço. / / A subtileza das sensações inúteis, / As paixões violen...

Poema
Álvaro de Campos Álvaro de Campos
(Heterónimo de Fernando Pessoa)
Portugal
  
  
Domingo Irei Domingo irei para as hortas na pessoa dos outros,
Contente da minha anonimidade.
Domingo serei feliz — eles, eles...
Domingo...
Hoje é quinta-feira da semana que não tem domingo...
Nenhum domingo. —
Nunca domingo. —
Mas sempre haverá alguém nas hortas no domingo que vem.
Assim passa a vida,
Sutil para quem sente,
Mais ou menos para quem pensa:
Haverá sempre alguém nas hortas ao domingo,
Não no nosso domingo,
Não no meu domingo,
Não no domingo...
Mas sempre haverá outros nas hortas e ao domingo!

Álvaro de Campos, in "Poemas"
Heterónimo de Fernando Pessoa

Tema(s): Dia  Ler outros poemas de Álvaro de Campos
(Heterónimo de Fernando Pessoa)
 
      Scoop.it

Garantia de Qualidade
O Citador é o maior site de citações, frases, textos e poemas genuínos e devidamente recenseados em língua portuguesa. Desde o ano 2000 que o Citador recolhe counteúdos directamente das fontes bibliográficas, sem recorrer a cópias de outros sites ou contributos duvidosos a partir de terceiros. Tem atenção aos Direitos de Autor.
Pesquisa
© Copyright 2003-2014 Citador - Todos os direitos reservados | webdesign - One Small Step SOBRE O SITE
//