Carlos Drummond de Andrade

Brasil
31 Out 1902 // 17 Ago 1987
Escritor/Poeta/Cronista

O Constante Diálogo

Há tantos diálogos

Diálogo com o ser amado
                   o semelhante
                   o diferente
                   o indiferente
                   o oposto
                   o adversário
                   o surdo-mudo
                   o possesso
                   o irracional
                   o vegetal
                   o mineral
                   o inominado

Diálogo consigo mesmo
                   com a noite
                   os astros
                   os mortos
                   as ideias
                   o sonho
                   o passado
                   o mais que futuro

Escolhe teu diálogo
                           e
tua melhor palavra
                         ou
teu melhor silêncio.
Mesmo no silêncio e com o silêncio
dialogamos.

Carlos Drummond de Andrade, in 'Discurso da Primavera'
// Consultar versos e eventuais rimas




Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE