Rainer Maria Rilke

Alemanha
4 Dez 1875 // 29 Dez 1926
Poeta

O Solitário

Como alguém que por mares desconhecidos viajou,
assim sou eu entre os que nunca deixaram a sua pátria;
os dias cheios estão sobre as suas mesas
mas para mim a distância é puro sonho.

Penetra profundamente no meu rosto um mundo,
tão desabitado talvez como uma lua;
mas eles não deixam um único pensamento só,
e todas as suas palavras são habitadas.

As coisas que de longe trouxe comigo
parecem muito raras, comparadas com as suas —:
na sua vasta pátria são feras,
aqui sustém a respiração, por vergonha.

Rainer Maria Rilke, in "O Livro das Imagens"
Tradução de Maria João Costa Pereira
// Consultar versos e eventuais rimas




Facebook

Inspirações

O Amor é Simples

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE