Jayro José Xavier

Brasil
n. 10 Jun 1936
Poeta/Professor

Quarenta Anos

Blocos de ouro branco na boca
fios de prata na barba
                            Ó tempo
me torno valioso
e não me valho

Diz que amor é urgente mas não corro
diz que a vida é agora mas não ardo
não tenho pressa
                     diante de mim, no
espelho

Ostento, claro, uma testa mais larga
porém quem disse
que me tornei mais
sábio?

Jayro José Xavier, in 'Enquanto Vivemos'




Outros Poemas de Jayro José Xavier:

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE