José de Sousa Saramago

Portugal
16 Nov 1922 // 18 Jun 2010
Escritor [Nobel 1998]

Química

Sublimemos, amor. Assim as flores
No jardim não morreram se o perfume
No cristal da essência se defende.
Passemos nós as provas, os ardores:
Não caldeiam instintos sem o lume
Nem o secreto aroma que rescende.

José Saramago, in "Os Poemas Possíveis"
// Consultar versos e eventuais rimas




Facebook

Inspirações

Esperar pelo Melhor

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE